BONES [2X04] – The Blond In The Game

abril 28, 2007 às 12:13 pm | Publicado em BONES | Deixe um comentário
Definitivamente, BONES tem sido uma grata surpresa para mim.

Comecei a assistir unicamente por falta de opção (“hmmm… já que não tem C.S.I. disponível, vou pegar esse genérico mesmo”) e quando me dei conta, já estava no 4° episódio da 2ª temporada.

Lembrei do fato de que, mesmo ARQUIVO X, para mim considerada com a mãe de todas as séries atuais, tinha capítulos bons, médios e ruins – mesmo na primeira temporada. Isso não aconteceu em BONES, todos os capítulos são muito bem escritos e realizados.

O capitulo de hoje nos apresenta Bones e Booth encontrando o primeiro corpo em um bosque. Havia sido descoberto por um cão, que passava com o dono pelo local.

Bones e Booth tentando pegar uma evidência
A vítima, jovem e loira, e os detalhes do crime acabam indicando o autor como sendo Roward Epps, um psicopata que eles já haviam enfrentado anteriormente e que se encontrava preso. Ao interrogarem o criminoso acabam entrando em um jogo, já que existem novas vítimas, cada uma contendo uma pista que leva há outro crime.
Esse osso não combina com esse corpo!!!
No primeiro corpo, encontram um osso diferente, com alguns resíduos e um desenho que os leva há uma mina abandonada, onde encontram outro corpo. O problema agora é o fato de o corpo indicar que a morte ocorreu há aproximadamente sete dias – e Epps está preso há sete anos. Está claro que ele tem um comparsa fora da cadeia.
O segundo corpo do dia
Todas as pistas levam a Caroline – dona de um salão de beleza e maluca a ponte de casar-se com Epps (mesmo depois dele estar preso e ter confessado os crimes) e ainda por cima, desejar engravidar dele, através de inseminação artificial.
Essa é doida…
Através de uma medalha, encontrada no segundo corpo, descobrem a identidade da próxima vítima (que pode ou não estar morta, já que sumiu há apenas três dias).

Descobrem que Caroline não pode ser autora do crime, mas deve ser a pessoa que leva os recados de Epps para o verdadeiro criminoso.

Neste episódio, o “climinha” entre Ângela e Hodgins está cada vez mais explícito. Ele já não questão nenhuma de esconder sua atração por ela, que cada vez mais parece estar gostando da idéia.

Climinha de novela das 6…

Já que estou falando em Ângela, ela tem uma função importante no episódio, já que além das já famosas reconstruções faciais das vítimas, ela interroga Caroline Epps e consegue ganhar a confiança dela.

Conseguem chegar até o verdadeiro criminoso (justamente o dono do cão que “achou” a primeira vítima) após algumas pistas falsas e consegue salvar a menina que seria a próxima vítima – porém Dra. Brennan acaba matando o assassino para salvar Booth – o que, aparentemente era o desejo inicial de Epps: atingir Bones, por quem ele tem uma verdadeira obsessão.

Epps, o cabeça de tudo
Bones fica arrasada, pois nunca havia matado ninguém e, além de tudo, percebe que foi manipulado por Epps o tempo todo. Apesar de terem resolvido o caso e matado o comparsa, sente que Epps “ganho o jogo”.

Mas o capitulo termina com um clima de afeto entre Bones e Booth, que a presenteia com uma pequena estátua de um porco, chamado Jesper – justamente o animal de estimação que ela sonhava ter quando criança.

Achei até que iria rolar um beijo… Mas como em ARQUIVO X, esse beijo precisa ser protelado, para a série não perder a graça.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: