O BOM PASTOR (The Good Shepard)

junho 14, 2007 às 4:33 pm | Publicado em Filmes | 1 Comentário
Davi Cruz

Um grande filme. Acho que essa é a melhor definição deste projeto dirigido por ninguém menos que Robert De Niro. Grande em todos os sentidos, começando pela duração: são quase 3 horas de filme. Igualmente grandes são as performances dos atores. Nomes de peso, muito bem dirigidos pelo mestre De Niro.

Gostei muito dos cenários, onde não consegui distinguir o que era real e o que era digital (ou algum tipo de montagem) e da bela fotografia (não entendo nada de fotografia, mas acho que sei distinguir algo belo de algo feio…).

As história é bastante extensa e mostra a criação da CIA, sob a ótica do personagem de Matt Damon (pena que a maquiagem usada para envelhece-lo tenha me parecido insuficiente). Ele entra na mundo da espionagem por acaso, após ter sido recrutado por ser um aluno brilhante na faculdade. Paralelamente, vemos o personagem, já envelhecido, investigando uma gravação misteriosa que, supostamente, incriminaria um espião infiltrado na CIA.

É interessante ver a transformação por que passa o personagem: antes um estudante de poesia, envolvido com teatro e com uma paixão juvenil e depois uma pessoa fria, cansada e solitária.

Também gostei muito da coragem dos realizadores, em incluir diversos diálogos extremamente duros com o governo americano e com a CIA (e que, mesmo o filme se passando entre as décadas de 50 e 70, ainda hoje soam atuais, tendo em vista toda a repercussão dos atentados de 11 de setembro). Frases que citam a necessidade dos EUA em manter o comunismo vivo, como uma ameaça, para justificar o poder e os gastos com a CIA e armamentos. Ou, trazendo para os dias de hoje, as diversas mentiras usadas para justificar a invasão do Iraque e os gastos monstruosos decorrentes dessa operação.

O filme tem belas seqüências, sendo que me chamou a atenção aquela em que a noiva é jogada do avião e seu vestido aparece voando lentamente. Além da beleza plástica, um momento muito comovente. E logo depois, o pai trazendo a notícia para o filho…

Um filme grande e um grande filme, bastante corajoso, pela temática difícil e a falta de um “mocinho” mais tradicional. Tem alguns defeitos, como a falta de um clímax final ou de cenas de ação, mas totalmente compensadas pela história interessante.
Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. p/ Jéferson de Oliveira

    Robert de Niro dirigindo e Matt Damon atuando… já temos grandes chances do filme ser muito bom…

    Quanto ao envelhecimento do Matt Damon, acredito que nós pré identificamos o ator, por filmes anteriores…não sei se consegui esplicar??

    quanto a coragem dos realizadores, acredito que isso enriquece o filme, pois, estou cansado de assistir filmes cobre a ótica americana, que escondem a realidade…

    Vou procurar assitir a este filme, parece ser ótimo…

    excelente comentário…um abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: