DEAD SILENCE

junho 23, 2007 às 12:50 am | Publicado em Filmes | Deixe um comentário
Davi Cruz

Meu amigo Alex terminava seu comentário citando a semelhança deste filme com o filme IT, do Stephen King. Ele estava enganado: o filme não lembro o IT, mas sim TODOS os filmes do Stephen King! Juro que li os créditos e depois pesquisei na internet, para me certificar que não se tratava de um filme baseado num conto do criador de CARRIE A ESTRANHA. E isso é um elogio, pois sempre fui fã dos 2/3 inicias de quase todos os filmes dele. Digo “2/3 iniciais” porque, na grande maioria, o “1/3 final” é sempre pavorosamente ruim. Mas DEAD SILENCE, ao contrário, tem um bom desfecho. Não chega algo surpreendente como visto no SEXTO SENTIDO, mas é bem interessante e demonstra inteligência dos realizadores.

Falando neles, algo que me agradou muito foi o fato de não ter lido absolutamente nada a respeito do filme (além da coluna do Alex) e, portanto, não saber antes de assistir quem eram os realizadores. Caso soubesse, minhas expectativas teriam sido muito altas e isso acabaria prejudicando minha opinião sobre o filme. Afinal, estamos falando dos criadores de JOGOS MORTAIS, um dos filmes copiados dos últimos tempos. Tão copiado que já gerou cópias das cópias, como é o caso de TURISTAS, cópia de O ALBERGUE, que era uma cópia dele….

Assim sendo, assisti o filme sem grandes expectativas e adorei. O visual é muito interessante e os efeitos, eficientes e discretos. Desde os créditos iniciais (abaixo) o filme nos mostra sua intenção: ser uma homenagem aos filmes de terror B dos anos 50.

A história, apesar de absurda, é bem legal e condizente com o clima do filme. Locais abandonados e sombrios, personagens obscuros, cenários grandiosos e direção ágil. Outra item elogiável é a trilha sonoro. Em nenhum momento a música é utilizada para forçar uma sensação de tensão, como é tão comum nos filmes similares. Pelo contrário, em muitos momentos tensos o silêncio é absoluto – e mesmo assim, ficamos assustados e/ou tensos.

O único senão fica por conta da caracterização da Mary Shaw. Não gostei da forma como ela ataca as vítimas, em forma de fumaça (ela deveria arrancar as línguas com as próprias mãos…rssss) e achei ridícula aquela língua gigante dela. Já vi trezentos filmes com algo parecido e posso afirmar que os únicos realmente assustadores são O EXORCISTA e o primeiro FREDDY KRUEGGER, na famosa cena da língua saindo de dentro de um telefone

E para não deixar passar em branco, me chamou muito a atenção o fato do amigo Alex não ter identificado o ator que fez o papel do detetive-mala. Principalmente por se tratar de um ex-ídolo dele: Donnie Whalberg, do finado New Kids on the Block e irmão do astro Mark Whalberg.

———————————————————————–

Alex Oliveira (Publicado em 15/06/2007)

Fazia muito tempo que eu estava a procura de um filme de terror que realmente valesse a pena, pois para cada bom filme existem uns 20 ou mais medíocres e sem graça. Até que me deparei com este Dead Silence ( ainda sem título em português ) dos mesmos criadores de Jogos Mortais. Só por esta coincidência já valia a pena dar uma olhada. E, meus amigos, estamos diante de um filme de terror com “T” maiúsculo.

A história começa com o jovem Jamie e sua esposa que vivem felizes na cidade grande e recebem um intrigante presente:


Um elegante boneco de ventríloquo.

Depois deste fato a sua esposa é misteriosamente assassinada, então ele resolve retornar a sua cidade natal, Ravens Fair, para sepultar a sua mulher e tentar descobrir o que houve, já que neste local existe uma lenda urbana sobre uma certa Mary Shaw, que trabalhava com estes bonecos e foi brutalmente assassinada, tendo se transformado num espírito de vingança.


Lugarzinho “aconchegante” não?!?


A partir daí começa um ótimo filme de terror e mistério, daqueles que a gente fica toda hora esperando aquele susto, e mesmo assim acaba tomando. Mary Shaw realmente é o cão chupando manga. Mas ao contrário da maioria dos filmes de terror, existe sim um enredo muito bem elaborado por trás.


Beeeeeem bonitinha….

Os bonecos realmente metem medo, pois a todo momento a gente espera que eles façam algum movimento. Quem se lembra de Chuck, o boneco assassino sabe do que eu estou falando( aquele desgraçado fez alguma criança perder o sono ).


Olha um easter egg aí gente. O boneco do Jogos Mortais no canto direito.

Comparável a Evil Dead, O Chamado, etc. Estes clássicos que a gente ama temer. Falando em clássicos, olhem a foto abaixo. Se vocês pensaram em It, do stephen King não foram os únicos.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: