FRIDAY NIGHT LIGHTS [1X11] – Nevermind

julho 30, 2007 às 9:34 pm | Publicado em FRIDAY NIGHT LIGHTS | Deixe um comentário

Davi Cruz

Somos apresentados à nova rotina de Jason Street em sua casa. Ele mostra-se uma pessoa determinada e acorda cedo para realizar diversos exercícios. Porém, não consegue tirar Lyla da cabeça e isso o deixa bastante irritado. O título do episódio diz respeito ao CD “Nevermind” do Nirvana, que Jason adora.

Enquanto procura esse CD em uma loja, ele encontra Lyla e os dois tentam uma reaproximação. Vão para a casa dela, mas Jason não consegue transar com ela – pelo menos, naquele momento, ele está impotente.

Ele resolve perguntar aos amigos da clinica se ficará impotente para sempre. Eles não lhe ajudam muito, pois dizem que os efeitos variam de pessoa para pessoa e de situação para situação. Lyla lhe trás um video, com orientações sexuais para pessoas em cadeira de rodas. Jason não gosta daquilo e acabam discutindo. Porém terminam o episódio tendo uma conversa mais amena.

Riggins tem dificuldades na escola. Ele sempre contou com o apoio das colegas de classe, que faziam todos os trabalhos para ele. Mas Tammy resolve intervir, pois não quer que ele cresça sendo um estúpido. Para isso, ela escala Landry (o amigo roqueiro e nerd de Matt) para ajudar Riggins nas tarefas de literatura.

Numa sequencia bastante clichê, Landry se esforça em ajuda-lo, mas ele parece não estar muito interessado. Landry chega a ler um livro todo para ele, durante as sessões de musculação. Além de tudo, o livro trata justamente da traição entre dois melhores amigos. Fiquei com dúvida se foi coincidência ou se Landry escolheu aquele livro de propósito…

De qualquer forma, Riggins acaba se saindo bem na prova (tira B-) e fica muito agradecido. Chega a ir ao show da banda de Landry (horrível), fazendo compania a aproximadamente 10 expectadores… Gostei muito dessa cena, pois valoriza dois personagens que eu admiro muito:
Landry, pela sua coragem de enfrentar os intocáveis jogadores e ainda fazer o que gosta – e não o que os outros querem – e Riggins, que apesar de todas as besteiras, mostra-se corajoso em admitir quando está errado.

O pai de Matt está de volta do Iraque – após conseguir uma folga de 2 semanas. Porém ele está bastante diferente após tanto tempo na guerra. Está bastante frio e não tem paciência com sua própria mãe. Ele quer interná-la em um retiro para idosos e mandar Matt para outra cidade, para morar com sua tia. Tudo isso acaba perturbando Matt, que joga mal tanto nos treinos quanto na partida da sexta-feira. Ele é substituído e o time do Panthers, mesmo assim, consegue vencer a partida. Após o jogo, Matt tem uma violenta discussão com o pai e se recusa a voltar para casa. Ele é acolhido por Eric e família. Após muita conversa, ele se acalma e resolve ir para casa.

O episódio se encerra com Matt observando seu pai, enquanto este carinhosamente cobre a mãe, que está dormindo, com um cobertor. Matt fica feliz, pois percebe que por trás daquele soldado atormentando ainda existe uma pessoa boa.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: