AS RUÍNAS (The Ruins/2008)

junho 25, 2008 às 11:06 am | Publicado em Filmes | 7 Comentários

Davi Cruz – Nota 4,0

Escrito por Scott Smith e dirigido pelo seu irmão Carter Smith, AS RUINAS mostra Jeff McIntire (100 GAROTAS) como Jonathan Tucker, estudante de medicina que, juntamente com seu melhor amigo Eric (Shawn Ashmore de X-MAN) e respectivas namoradas, encontra-se em férias no interior mexicano.

Um dia antes do regresso para os EUA, acabam aceitando o convite de um turista alemão, que pretende conhecer algumas ruínas maias, próximas dali, mas que não constam em nenhum guia turístico.

Como é normal nesse tipo de filme, os personagens têm cérebro de minhoca e aceitam qualquer proposta. Aqui está em bom exemplo:

– O irmão do tal alemão está desaparecido, após ter ido conhecer essas ruínas;

– Um taxista os avisa que o local é extremamente perigoso e que eles não devem ir para lá;

O que uma pessoa normal faria? Provavelmente, chamaria a polícia e nunca, mas NUNCA mesmo, se meteria numa indiada dessas, ainda mais um dia antes do retorno para casa (pois haveria o risco de se perder o vôo). Mas, é claro, os personagens fazem exatamente o oposto…

O caminho até as ruínas é altamente sinistro e isolado. Além disso, os malucos não têm nem certeza de como voltarão para o hotel, confiando apenas no taxista que os leva até a metade do caminho e deixa o número do telefone para eles liguem quando precisarem. Eles realmente acreditam que, no meio de uma floreta mexicana, haveria sinal para celular? Na empresa onde trabalho, a menos de 5 km do centro da cidade, muitas vezes o sinal não chega…

Enfim, ao chegarem no local pretendido, eles se deparam com uma grande pirâmide maia, coberta por uma vegetação densa.

Eles mal têm tempo de apreciar a paisagem, pois logo são surpreendidos por moradores locais, que os ameaçam , matam um amigo do alemão e os obrigam a se esconder na pirâmide.

Atenção, caso você não tenha assistido ao filme, fica o aviso: SPOILERS adiante!!!!

Pelo menos os realizadores conseguiram me surpreender em dois momentos:

– O tal alemão não era nenhum maníaco (até que era um cara legal). Porém, assim que percebi isso, tive a certeza que ele seria o próximo a morrer…

– Aliás, não havia nenhum maníaco/psicopata no filme. Nem os tais nativos agressivos eram os vilões da história, pois estavam apenas protegendo o mundo dos verdadeiros vilões: as plantas assassinas. Tais plantas, aliás, poderiam ser perfeitamente classificadas como um híbrido entre as raízes demoníacas de EVIL DEAD e as criaturas de ALIENS…  Elas chegam ao absurdo de imitar o som de um toque celular para atrair as vítimas…

Achei o filme extremamente monótono, realizado apenas com o intuito de mostrar duas ou três cenas chocantes (a amputação da perna, por exemplo, realmente impressiona) e nada mais.

A atitude (ou falta dela) dos personagens também irrita, pois eles imediatamente se acomodam, esperando por ajuda (que nem sabem se virá) e racionando a pouca comida e água que têm. Irrita, ainda mais, a forma como essa atitude muda apenas quando necessário para a construção de uma cena chocante, como é o caso da já falada amputação.

É claro que, se não fosse assim, o filme teria a duração de apenas 15 minutos. Bastaria que tentassem um plano de fuga, ao invés ficarem esperando a morte, ora sentados, ora dormindo (com direito a uma ridícula cena de masturbação, ocorrida logo após os personagens terem presenciado uma morte e um acidente quase fatal, além de temerem pela própria vida).

No final das contas, AS RUINAS acaba sendo um genérico do filme TURISTAS (que já era genérico do ALBERGUE). Resumindo: cópia da cópia de um filme mediano… Não dá para esperar grande coisa…

7 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Fala, Davi!

    Estava fazendo o download desse filme, aí passei aqui e li seu post. Resultado: Cancelei o Download, não vou perder meu tempo assistindo.

    Abraço!

  2. gostaria de saber se a planta que envolve as ruinas existe? e qual o nome da planta?se as ruinas são verdadeiras?

    • É UM FILME NÃO EXISTE ESTA PLANTA!

      • Nossa… como você é inteligente.
        Descobriu isso sozinha?

  3. Infelizmente discordo. As Ruínas é um ótimo filme que faz você pular da cadeira.
    Vale a pena assistir.

    • concordo! mas tenho outros filmes mais legais e assustadores , como ”o colecionador de corpos”

  4. OTIMO GOSTEI SÓ FICOU CHATO O FINAL!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: