REBOBINE, POR FAVOR (Be Kind Rewind/2008)

julho 6, 2008 às 8:15 pm | Publicado em Filmes | Deixe um comentário

 

Davi Cruz – Nota 6,0

Não cheguei a assistir ao elogiado BRILHO ETERNO DE UMA MENTE SEM LEMBRANÇA, trabalho anterior do diretor Michel Gondry. Talvez por isso, tenha estranhado um pouco o estilo desta comédia, ao ponto de, passadas 2 semanas, ainda não haver decidido o que escrever sobre ela.

A história mostra Jack Black (KUNF FU PANDA) como Jerry, empregado em um ferro-velho ligeiramente amalucado. Por razões não muito bem explicadas, ele cisma que a usina elétrica da cidade afeta o cérebro de todos os moradores e resolve destruí-la. O plano não dá certa e Jerry acaba recebendo uma enorme descarga elétrica, que o transforma em uma espécie de ímã-humano. Em busca de ajuda, ele recorre ao seu amigo Mike (Mos Def, com a mesma cara de abobado mostrada em 16 QUADRAS), que trabalha em uma locadora de fitas VHS. Por estar magnetizado, Jerry acaba apagando acidentalmente todas as fitas da locadora. Os dois decidem, então, recriar alguns filmes, para não chamar a atenção dos clientes – enquanto pensam em uma forma de reverter a situação antes do retorno do dono da locadora, que está viajando.

Vários filmes são recriados, como O REI LEÃO, DE VOLTA PARA O FUTURO, OS CAÇA-FANTASMAS, ROBOCOP, CONDUZINDO MISS DAISY e KING KONG.

Os clientes que assistem aos filmes  ogo percebem algo estranho – mas Jerry e Mike dizem que são cópias “suecadas” dos filmes (espécie de “edição especial” importada). O mais estranho é que os tais filmes suecados acabam fazendo um enorme sucesso e aumentando o movimento da decadente locadora.

A grande sacada do filme é justamente a forma com que os filmes são recriados: de forma extremamente tosca e absurda – porém extremamente criativa.

Fora isso, achei a história muito clichê, com os personagens precisando arrecadar uma quantia em dinheiro para impedir que a locadora seja fechada.  

Os atores estão bem, mas sem nenhum destaque. Jack Black, por exemplo, mais uma vez convence como um tipo esquisito (lembra seu personagem em ALTA FIDELIDADE).

Além disso, o filme é um pouco longo demais.  

Enfim, realmente é um filme estranho e difícil de ser julgado. Inclusive, ficaria muito contente em ler aqui a opinião dos leitores. Pra mim, é um filme “quase” bom.

E aí, o  que você achou do filme? 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: