TREINANDO COM O PAPAI (The Game Plan/2007)

agosto 31, 2008 às 3:37 pm | Publicado em Filmes | 2 Comentários
Tags: ,

Domingo pela manhã e eu estava com vontade de assistir a algum filme divertido, de preferência com uma mensagem positiva. Nisso, a Patrícia aparece com esse TREINANDO COM O PAPAI, uma produção água com áçucar da Disney estrelada pelo brucutu Dwayne “The Rock” Johnson.

Traçando um paralelo com a indústria automotiva, este filme seria mais ou menos como um Fiat Uno, enquanto BATMAN – O CAVALEIRO DAS TREVAS poderia ser uma Ferrari. É claro que um não se compara um carro com o outro mas, como produto, os dois cumprem exatamente aquilo que prometem e, por isso, devem ser avaliados de forma diferente. Enquanto a Ferrari, um carro dos sonhos, foi feita para quem quer acelerar muito e impressionar (e possa pagar um preço exorbitante, além de custos de manutenção e seguro idem), o Uno é um carro feito para custar e consumir muito pouco. E, por isso, o carrinho segue aí, vendendo muito bem.

Da mesma forma, esse filme ganha uma boa nota, por cumprir aquilo que é prometido (no meu caso, diversão em uma agradável manhã de domingo), mesmo sendo infinitamente inferior a outras obras. 

TREINANDO COM O PAPAI têm os méritos que fizeram da Disney uma indústria tão lucrativa. Ela consegue, mesmo que através de fórmulas manjadas, criar produtos atraentes e extremamente comerciais. Todo mundo sabe o que irá encontrar no filme e, mesmo assim, assistí-lo é sempre interessante.

Todos os clichês do mundo estão lá: o herói rico, solitário e egocêntrico (mas de bom coração), a criança-gênio-que-fala-como-adulto, a empresária (que poderia ser uma ex-namorada ou uma pretendente do herói) fria e materialista, a gostosa “sangue-bom”, o animalzinho de estimação e vários amigos atrapalhados.

A história também é bastante previsível: Joe Kingman (Dawyne), um famoso atleta (jogado de futebol americano) é surpreendido pela aparição de uma filha de 8 anos (a ótima Madison Pettis), cuja existência era, até então, desconhecida. Isso acontece em meio a fase decisiva do compeonato e faz com que sua empresária (Kyra Sedgwick) tema pela repercussão da notícia na imprensa (e o eventual impacto que isso trará junto aos patrocinadores do seu chefe).

Incialmente atrapalhado em seu papel de pai, Joe acaba se aproximando da menina, até a reviravolta final, que traz um pouco de drama a história.

Como sempre, as melhores piadas envolvem a colocação do personagem, durão, em situações constrangedoras. Aqui, em uma dessas situações, Joe aceita participar de uma apresentação de balé com sua filha. A opção por mostrar a apresentação como algo singelo e que aproxima pai e filha (ao invés de mostrar o ridículo daquela situação) me pareceu bastante adequada.

Temos também o uso, quase exaustivo, do famoso recurso “mostrar a reação do animalzinho”: sempre que alguém comete alguma gafe, a câmera imediatamente mostra a reação do cachorro Spyke (nem a escolha da raça foi criativa, sendo que ele é um buldogue). Mesmo sendo extremamente surrado, o recurso ainda conseguiu gerar boas gargalhadas aqui em casa.

Para completar o check list, temos o interesse romântico do herói, encarnado pelo professora de balé da menina (interpretada pela maravilhosa Roselyn Sanchez da série WITHOUT A TRACE).

Confesso que o ator Dwayne Johnson conseguiu me surpreender desta vez, confirmando ser mais talentoso do que o seu “concorrente” Vin Diesel. Ele é mais carismático e se sai bem em papeis mais divertidos. E não faz muito feio quando canta (não sei o quanto daquilo é obra do PRO TOOLS, mas me pareceu bastante convincente).

Aliado a isso, a boa química entre ele e a garotinha Madison acabam contagiando e tornando o filme uma boa diversão.

Para encerrar, como fã de FRIDAY NIGHT LIGHTS, gostei bastante das cenas de football, coordenadas pelo diretor da 2ª unidade Mark Robert Elis. Sem exagerar nas jogadas “mirabolantes”, ele consegue trazer um tom razoavelmente realista e, ao mesmo tempo, divertido às cenas. Aliás, o realismo foi tanto que, durante os ensaios para essas cenas, Dwayne Johnson rompeu o tendão de aquiles e precisou passar por uma uma cirurgia, o que atrasou bastante as filmagens.

Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Davi,
    Valeu a visita!! Também te linkei!

    Gostei do bom senso ao analisar. Acho exatamente isto, cada filme tem que ser visto conforme sua proposta.
    E sabe que mesmo sendo super cliche, eu adoro filmes com cachorros! Assisto qualquer filme que tiver um!
    Abs

  2. DWAINE DOUGLAS , TUDO QUE ESSE ARTISTA FIZER , SEMPRE VAI BRILHAR, PORQUE ELE NASCER PARA SER ESTRELA!!!!!!!!!!!! O SEU CARISMA ENCANTA Á TELINHA DE TELRVISAÕ PENA QUE ELE NUNCA SE ENTERESOU VIM AÕ BRASIL , PARA COMER NOSSA FEIJOADA ,PRAIA ,CARNAVAL ,SOL ,Á MELHOR CERVERJA E AS MULHERES MAIS BONITAS !!!! CACHOEIRAS ,ANGRA DOS REIS ,BUZIOS, PASSAR FERIAS NO LUGAR ABENÇOADO POR DEUS´.SAIA DA PRESSA0 DO DIA A DIA .


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: