PATOLOGIA (Pathology/2008)

setembro 19, 2008 às 9:37 pm | Publicado em Filmes | 4 Comentários
Tags: ,

Costumo citar PSICOPATA AMERICANO como sendo um poucos filmes que realmente me incomodaram, a ponto de me fazer desistir de vê-lo até o final. Talvez hoje em dia, eu poderia encarar de outra forma, mas o fato é que, naquele momento, fiquei chocado com a forma com que é mostrada a transformação de um jovem, aparentemente normal, em um serial killer brutal.

Entrando imediatamente na minha lista de filmes chocantes, PATOLOGIA surge como um descendente direto de PSICOPATA AMERICANO – acrescido de algumas idéias do filme ANATOMIA e sob a influência das produções atuais (que preferem o choque ao susto) como ALBERGUE e JOGOS MORTAIS.

Milo Ventimiglia (o Peter Petreli de HEROES) faz o papel de Ted Grey, um brilhante estudante de medicina que, após passar uma temporada na África, ingressa em um tradicional hospital universitário. Logo de cara, seu brilhantismo incomoda os colegas, principalmente a estrela da turma, Jake Gallo (Michael Weston, com sua tradicional cara de maluco) que logo o atraI para um jogo perturbador.

Não quero revelar muito sobre o filme, que é bem produzido e cumpre bem a sua função. Gostando ou não, o fato é que ele foi feito sob medida para chocar, da mesma forma que o já citado ALBERGUE, e o faz com perfeição. Tanto que, ao final, é impossível não suspirarmos aliviados por não fazer parte daquele mundo sinistro.

O clima do filme é de crescente tensão. Mesmo as cenas mais banais, como um cocktail onde Gwen, a noiva de Ted, é apresentada aos colegas, nos deixam estremamente tensos. Tememos pelo destino de Ted (que pode ser, no mínimo, desmascarado) e da sua noiva (vai saber o que aqueles malucos podem fazer com ela…).

Os efeitos especiais são eficientes e é difícil acreditar que não estamos diante de uma carnificina real. Gostei também da fotografia, principalmente pela forma com ela que transmite, com perfeição, a frieza daqueles ambientes e a solidão experimentada pelo personagem principal.

A história, criada pelos mesmos roteiristas de ADRENALINA, tem alguns pontos comuns (não chamarei de clichês), como o noivo que, solitário e distante da noiva apaixonada, acaba se envolvendo em perigoso triângulo (não amoroso, é preciso ressaltar). Porém, tudo é levado a um novo patamar de intensidade e loucura pelo estreante (e competente) diretor alemão Marc Schoelermann. Tanto que, durante o decorrer do filme, me perguntei várias vezes “como diabos isso vai terminar”.

*** SE VOCÊ AINDA NÃO VIU O FILME, ATENÇÃO: SPOILERS A FRENTE ****

Outro fato que me agradou, foi a forma como o filme  conseguiu me enganar direitinho: eu tinha certeza de que, tanto o colega certinho Ben Stravinsky quanto o professor Quentin Morris, tinham culpa no cartório.

No final das contas, o filme realmente é eficiente em sua proposta. Não é indicado para qualquer pessoa (namoradas e mães, nem pensar) e fico na dúvida, se realmente vale a pena passar por uma experiência como essa. Emm todo caso, aconselho a todos que deixem um DVD alegre, tipo WALL-E, pronto para ser assistido após o final de PATOLOGIA… A idéia é que isso traga um pouco de alívio, como se fosse um SONRISAL após uma refeição muito forte.

4 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Até que enfim… Depois da semana agitada estou de volta à internet.
    Adorei descobrir isto aqui!!! Vou ter que assistir!!!
    Voltarei!!!
    Bom fim de semana.
    Abraços

  2. Meu, acho que vou voltar pra locadora agora!
    Ta anotado e com certeza logo verei! Adoro este estilo tenso e surpreendente!
    Vc escreve brilhantemente também!
    Inté!

  3. Ah, to te linkando … posso!???

  4. Eaii cara. tudo certo ?
    Nossa eu ainda não vii o filme, mas meu patrão baxo da neT e eu tenho no PC! Porém nem fiquei com vontade de ver… só que agora depois de ler seu texto eu verei o mais rapido possivel! AHSUDHASUHDU!

    AHHH! Agora que eu vii tb!
    Vlw pela indicação no prêmio Dardos!

    Vou repassar jáH!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: