HEROES [3X03] – One of Us, One of Them

outubro 1, 2008 às 12:14 pm | Publicado em Heroes | 2 Comentários

Acho inexplicável que eu ainda continue assistindo HEROES, pois simplesmente estou odiando essa temporada. Talvez a única explicação seja a curiosidade, para saber onde toda essa porcaria vai dar.

Fico impressionado com a total falta de capacidade, por parte dos criadores da série, que dispondo de fartos recursos, não conseguem dar um rumo decente para a história – e, neste quesito, o terceiro episódio não veio acrescentar absolutamente nada.

Primeiro, tivemos a confirmação de que Sylar é mais um Petrelli. Já são seis agora, convivendo na mesma história: Sylar, Ângela, Nathan, Claire, Peter-do-presente e Peter-do-futuro. Isso está com uma terrível cara de novela, com revelações de parentesco a todo o momento.

Para piorar, Mama Petrelli junta Noah e Sylar naquela absurda missão. Não sei ao certo o que ela pretende com isso, já que Angela aparentemente só quer saber de ver o circo pegar fogo. O comportamento de Sylar está cada vez mais bobo, pois parece que os roteiristas tendem a transformá-lo em um herói (já que o público gosta dele).

Parkman ainda encontra-se na África, em compania do clone negro de Isaac Mendez. Não custava eles terem “inventado” um poder diferente? A única diferença é que o cara usa a música (e não a heroína) para pintar. Bobagem totalmente descartável.

Já Hiro e Ando, como de costume, continuam fazendo cagadas em uma historinha que não conseguem fazer ninguém rir. Eu aproveito essas sequencias para tirar uma sonequinha.

Mohinder e Maya não deram as caras, o que é uma pena, já que fiquei curioso com aquela “transformação” do indiano. Torço para que ele se transforme em uma mosca gigante, devore a Maya e depois vôe para Marte…

Ainda na lista de bobagens da série, descobrimos que Nikki morreu mesmo (mais alguém achou que dentro do caixão estaria o John Locke?), sendo a personagem mostrada (Tracy) é  realmente outra pessoa. Aparentemente, trata-se de um clone (eu sei, eu sei…) criado por um tal de Dr. Zimmerman. Resta saber quantos clones existem e quais os seus poderes (e se tem algum roteirista da RECORD envolvido na produção de HEROES).

Para encerrar: que bobagem foi aquela da sequencia da Claire, junto com a mãe, dentro de um container de metal? Quer dizer que a mãe de Claire não precisa de oxigêncio para respirar?

Sinceramente, larguei HEROES de mão…

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Isso quer dizer que vc não vai fazer o review do 3×04 ?!

  2. Você comentou muito bem. Heroes já foi legal, desde a segunda temporada perdeu o brilho…
    Nessa terceira então… cada ABSURDO que só por Deus, to tão confuso que terei de assistir todos os episódios novamente.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: