FRIDAY NIGHT LIGHTS [3X01] – I Knew You When

outubro 9, 2008 às 11:34 am | Publicado em FRIDAY NIGHT LIGHTS | 2 Comentários

Na minha cabeça, eu tinha certeza de que FNL estava cancelada, não havendo a menor possibilidade de existir uma terceira temporada – principalmente após uma segunda temporada bastante criticada e audiência baixa. Para minha surpresa (estava tão convencido deste cancelamento que nem procurei por notícias da série), dei de cara com a estréia da terceira temporada, fruto de uma parceria entre a NBC e a DIRECT TV. Melhor ainda é que, segundo o blog COMENTÁRIOS EM SÉRIE, essa a parceria garantiu a FNL uma terceira temporada completa, com 13 episódios.

O mais interessante é que nem eu mesmo sabia o quanto gostava de FNL, até voltar a ouvir os acordes da abertura, acompanhados pelas imagens das ruas de Dillon. Imediatamente, abri um enorme sorriso e pensei comigo: “Putz, eu adoro esta série!!”

FNL parece ter voltado com força total. É impressionante a forma como a série é bem escrita e dirigida. Prova disso é que, ao contrário de outras séries, que assisto em um dia para comentar depois, sem grande esforço, em FNL eu passo o episódio todo fazendo anotações, pois são muitos assuntos interessantes ao mesmo tempo.

Começando pela família Taylor, que atravessa um difícil momento de transição. Julie continua a “aborrecente” de sempre, mas agora quer mais independência. Tamy torna-se nova diretora da escola e percebe que as coisas são muito mais difíceis do que ela imaginava. Gostaria de ver o que ela faria em uma escola pública tupiniquim…

Enquanto isso, seu marido “Coach” Taylor vê o seu trabalho ser muito criticado, após a lesão de Smash Willians e a conseqüente derrota nos playoffs da temporada passada. Segundo seus críticos, ele teria montado o time em função de um único jogador, não tendo preparado nenhum “Plano B”.   

Já que citei Smash, este é outro personagem que passa por uma fase difícil. Recém formado, ele não pode mais jogar pelos Panthers e não conseguiu nenhuma bolsa de estudos para ingressar na faculdade. Para piorar, ele é informado pelos médicos que, mesmo curado, ele dificilmente voltará a ser o jogador brilhante de antes.

Mais maduro (e, conseqüentemente, triste) Willians está prestes a desistir dos seus sonhos, mas Eric Taylor está disposto a ajudá-lo. Garante que não desistirá enquanto não o colocar em um time universitário. Resta saber o quanto Smash será persistente e o quanto durará a paciência de Eric…

Quem tem assumiu o lugar de Smash no time é o sempre problemático Tim Riggins. Sempre envolvido com festas, mulheres e, principalmente, muita bebida, ele tem sua chance de mudar quando Lyla (que eventualmente “ficava” com ele) lhe diz umas verdades (tipo “você não se leva a sério”) e depois resolve assumir o relacionamento dos dois. Torço para Riggins amadureça um pouco e sempre achei que ele seria o único Panther a se torna um jogador profissional – justamente por ser o único que NÃO QUERIA isso.

Aumentando a lista dos “personagens que passam por momentos difíceis”, termos Matt Saracen. O rapaz, que já é inseguro por natureza, vê sua posição ser ameaçada pelo badalado novato J.D McCoy (Jeremy Sumpter, de PETER PAN) – que além de rico, joga muito bem é já é tratado como o “novo Jason Street”. A cena, ao final do jogo, mostrando a preocupação no rosto da Vovó Saracen deixa muito claro que a vida no nosso QB-1 não será das mais fáceis.

Tyra é outra personagem que, assim como Riggins, tem todos os defeitos do mundo mas sempre torcemos a favor. A moça sonha em sair de Dillon, fazer uma boa faculdade e, assim, impedir que o ciclo de fracassos da família seja perpetuado. Acho inclusive que ela terminou com Landry, mesmo gostando dele, para que seu relacionamento com o rapaz não atrapalhasse seus planos. Mesmo contra todas as previsões (suas notas são baixas) ela está decidida e, para garantir, resolve pedir ajuda a diretora Tamy.  

Não tivemos a presença de Jason Street mas, segundo consta, ele terá apenas uma pequena participação na temporada.

Enfim, uma das coisas que mais me atrai na série é o fato dela fugir do gramour do american way of life, tão comum nas outras séries. Aqui as pessoas trabalham muito e não são ricas. Vivem em um local que lembra o nosso Brasil, com pouca esperança e raras oportunidades de sucesso – onde o futebol acaba sendo a válvula de escape para todas as frustrações, praticamente a razão de viver daquelas pessoas (alguém conhece um lugar parecido?). O exemplo máximo disso é o casal formado por Billy Riggins e Mindy Collete, irmã de Tyra: ele é um bêbado desempregado, vindo de uma família desestruturada (só tem o pai, com quem não mantém contato) enquanto ela vive com a mãe (fracassada na vida) e trabalha como striper em um pequeno clube. Nenhum dos dois fez faculdade ou pretende fazer, porém querem se casar e ter 3 ou 4 filhos…

Terminamos o primeiro episódio da nova temporada de FNL com várias histórias interessantes sendo contadas e com todas as boas qualidades da produção presentes (roteiros bem escritos, diálogos inteligentes e ótima direção). Que venham os próximos 12 episódios!!!!

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Que saudades que eu estava de FNL. Essa premiere foi simplesmente perfeita! Que eu me lembre, o último episódio de FNL que eu vi e que eu fiquei totalmente satisfeito e com o pensamento “Agora eu já posso morrer!” foi a Season Finale da 1ª temporada… Os outros episódios sempre forma muito bons, mas a Season finale da 1ª e essa premiere da 3ª foram espetaculares.
    Estou ansioso para assistir ao 2º episódio…
    O que eu gostaria de ver novamente na série é o casal Matt Saracen e Julie Taylor… Saudades do casal…

  2. quero q passe essa serie no Brasil!!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: