FRINGE [1X08] The Equation

novembro 24, 2008 às 10:22 pm | Publicado em FRINGE | 1 Comentário

fringe1

Bom episódio de FRINGE, com direito a todos os méritos e também a todos defeitos, já bastante conhecidos, da série.

snapshot20081124212921

O “mistério da semana” envolve uma bela e misteriosa jovem  (a cara da Liv Tyler), que sequestra pessoas com talentos acima da média, em áreas específicas. A última das vítima conhecidas é um garoto chamado Ben, que após um grave acidente de carro, sai do estado de coma com um surpreendente talento musical. Ele e seu pai viajavam de carro, quando se depararam com a tal jovem misteriosa. Ela finge estar com o carro estragado e o pai de Ben resolve ajudá-la. Ele acaba entrando em uma espécia de transe, causada por estranhas luzes que piscavam dentro do capô do carro. Ao acordar, não encontra Bean e nem a jovem, que simplesmente haviam desaparecido.

Olivia e sua equipe são acionado e, durante as primeiras investigações, descobrem vários casos similares. O mais surpreendente é que as pessoas sequestradas sempre reaparecem, algum tempo depois, totalmente enlouquecidas –  algumas se suicidam e outras cometem crimes bárbaros.

Até aí, uma história das mais interessante mas que, infelizmente, começa a decepcionar quando Walter pronuncia a sua já célebre frase “Já trabalhei num projeto parecido”. Mesmo que não tenha sido um projeto para o governo ou a Massive Dynamics (aliás, andam sumidos), é chato demais ver que Walter sempre está envolvido. Para piorar as coisas, uma das vítimas também havia sido colega de quarto dele, durante sua “estadia” no Sanatório St. Claire.

snapshot20081124212403Além disso, estou achando um pouco forçadas as imposições do roteiro, criadas unicamente com a intensão de deixar os personagens em situações complicadas. Na semana anterior, o prisioneiro exigia falar com uma pessoa já morta. Agora, é o diretor do sanatório, que exige que apenas Walter tenha acesso ao paciente, na tentativa de conseguir alguma informação.

ATENÇÃO! SPOILERS A FRENTE!

O episódio tem um clima ainda mais misterioso que os demais: entre outras coisas, Walter encontra ele mesmo, durante sua nova passagem pelo sanatório. Não fica claro (e nunca deve ficar) se são alucinações ou alguma outra coisa. Assim como os mortos que são misteriosamente revividos por Joanne – provavelmente visões, decorrentes de algum tipo de droga aplicado por ela nas suas vítimas.

De qualquer maneira, achei completamente absurda a resolução do episódio. Mesmo se tratando de alguma equação “orgânica”, presente no subconsciente das pessoas ou algo do gênero, deveriam haver muitas outras alternativas para tentar resolvê-la.

observador1

Mesmo assim, fiquei bastante curioso com aquele experimento, realizado depois da resolução da equação e que possibilitou que o agente Mitchell Loeb (sim, aquele mesmo que tinha um verme enrolado no coração, no episódio anterior) atravessasse uma parede sólida e retirasse uma maça, intacta, de dentro do cofre. Será que planejam um mega-assalto, utilizando essa tecnologia?

 

Ah, já ia esquecendo. O Observador aparece aos 40:36…

Anúncios

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Depois do piloto nunca mais vi. Um dia destes volto, porque ate gostei bastante. Abraço ;)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: