THE SARAH CONNOR CHRONICLE [S02E10] Strange Things Happen at the One Two Point

dezembro 4, 2008 às 11:27 pm | Publicado em THE SARAH CONNOR CHRONICLES | 1 Comentário

 

sarah_connor1

Ao final de cada novo episódio de SARAH CONNOR, minha primeira atitude é recorrer ao GOOGLE para verificar o que as demais pessoas estão achando (ou entendendo) da trama. Isso porque, na maioria das vezes, tenho a impressão de que andei perdendo algum episódio, tamanha é a quantidade de dúvidas que vão surgindo.

Menos mal que, pelo menos até agora, a maioria das pessoas parece estar tão (ou mais) confusa do que eu, o que me deixa bastante aliviado.

sarah1Neste episódio, o foco principal da  história é o golpe que Sarah sofre de Alex Agaki, dono da DAKARA SYSTEMS. Ela, que chega até ele graças à sua obsessão com o misterioso símbolo dos “três pontos”, presente na logomarca da DAKARA, acaba sendo enganada e precisa correr para reaver o seu rico dinheirinho.

 

Gostei dessa parte da trama por diversos motivos:

– Mostrou o quanto John é obstinado quando quer fazer algo, pois, mesmo sem entender muito as razões da mãe, ela passa a noite em claro e prepara todo o disfarce para que ela se aproxime da DAKARA.

– Sarah comete muitos erros mas, mesmo assim, é muito FODONA. A surra que ela dá nos japoneses é uma bela demonstração disso.

– No final das contas, a situação de Alex Agaki e do seu filho Xander reflete a situação da própria Sarah em relação a John: Alex planeja todo o golpe justamente porque não confia na capacidade do filho, assim como Sarah, que vive fazendo “cagadas” enquanto tenta proteger John.

Tivemos também mais algum avanço em relação à parte mais estranha da trama, que é a que envolve Catherine e Ellison. Sendo ela um Terminator , porque diabos  precisaria da ajuda de um policial no desenvolvimento do BABYLON ?

sarah5Posso até imaginar que seus planos não sejam criar a SKYNET mas, sim, criar uma “nova” Skynet, ainda mais aperfeiçoada e capaz de entender (e prever) o comportamento humano. Mas, ainda assim, não entendo a presença de Ellison.

De qualquer forma, achei interessante citar que John Henry, “apelido” dado ao sistema BABYLON, remete à uma lenda americana, que traz John Henry como sendo um homem que conseguiu derrotar uma máquina. Segundo a lenda, isso teria acontecido quando as primeira máquinas a vapor começavam a substituir os homens, no início da Revolução Industrial e John Henry queria provar que os homens eram os melhores trabalhadores. Ele consegue vencer a máquina em uma competição, mas morre logo depois, devido ao cansaço.

Voltando a SARAH CONNOR, temos as sequências que mais tem me deixado com a pulga atrás da orelha. Descobrimos que Riley se aproximou de John a mando de Jesse, sendo, portanto, uma espiã. Pela conversa das duas, descobrimos que Riley não se sente confortável com a situação e parece ter sentimentos verdadeiros por John. Porém, Jesse deixa bem claro que ela não pode desistir da sua “missão” (seja ela qual for).

sarah3– Riley veio do futuro ou é apenas uma maluquete manipulada por Jesse? Pergunto isso, porque ela tem umas falas bem esquisitas, citando que todos vão morrer e virar caveiras brancas…

– Jesse diz que está ali para evitar que John cometa o erro de se deixar manipular por Cameron, no futuro. Porém, em nenhum momento, sinto por parte de Jesse algum tipo de preocupação ou admiração por John. Para mim, ela está a serviço de SKYNET.

– Derek até desconfia das intensões de Jesse, mas ela vem com aquele papinho de “escova de dente” e acaba enrolando o cara. 

– O fato de John ser sobrinho de Derek muda alguma coisa nos planos dela? Pude perceber que ela fica surpresa com essa informação.

Enfim, este foi mais um episódio bem complexo de SARAH CONNOR que, mantendo a média, agrada com um crescente clima de mistério no ar.

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Também sempre acho que perdi algo quando começo a ver um episódio. A trama começa do nada!

    Adorei a surra da Sarah nos japoneses. E, fiquei muito curioso a respeito da Riley e Jesse.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: